Clínica de Estética Health Plus Saúde Beleza e Bem-Estar                                                                                                                    Clínica de Estética Health Plus Saúde Beleza e Bem-Estar
 

Transtorno do Pânico também conhecida como Síndrome do Pânico


Você certamente já ouviu falar sobre a síndrome do pânico e certamente deve conhecer alguém afirmar já ter tido algum episódio ou mesmo dizer o oposto, que isso é coisa de gente fresca, mas saiba que não é.


Segundo a OMS Organização Mundial da Saúde, afirma que pelo menos 1 a cada 5 pessoas irão vivenciar o TP ao longo da vida. E se você não conhece os sintomas e suas consequências leia esse artigo até o final.


O transtorno do pânico (TP) é caracterizado por crises de ansiedade repentina e intensa com forte sensação de medo ou mal-estar, acompanhadas de sintomas físicos. As crises podem ocorrer em qualquer lugar, contexto ou momento, durando em média de 15 a 30 minutos.


Os ataques de pânico acarretam intenso sofrimento psíquico com modificações importantes de comportamento devido ao medo da ocorrência de novos ataques. Isso faz com que os pacientes procurem as emergências médicas em busca de causas orgânicas que expliquem seus sintomas.


Como ocorre: A região central do cérebro é responsável pelo controle das emoções e da liberação de adrenalina – hormônio que faz com que o organismo se prepare para fugir ou lutar diante de um perigo. No transtorno do pânico, esse “alarme” cerebral dispara sem que haja um perigo real, provocando a sensação de medo e mal-estar intenso.





E quais os sintomas?

- aceleração dos batimentos cardíacos e da respiração;

- falta de ar;

- pressão ou dor no peito;

- palidez;

- suor frio;

- tontura;

- náusea;

- pernas bambas;

- formigamento;

- tremores;

- calafrios ou ondas de calor;

- sensação de estar “fora do corpo”;

- medo de morrer ou de “perder o controle”;

- desmaio ou vômito no pico da crise.